Menu

Livro "A Cruz do Rei" de Timothy Keller conta em 18 capítulos os momentos essenciais da história narrada no Evangelho de Marcos

O autor quer que o leitor (re)encontre Jesus por meio desses relatos.

Autor renomado e líder da Igreja Presbiteriana Redeemer, Timothy Keller fez deste A cruz do rei bem mais que uma instigante compilação de uma série recente de sermões baseados no Evangelho de Marcos: trata-se de um belo ensaio de apologética. Ao lembrar que nunca a cultura em geral dispensou tanta atenção ao Jesus histórico, Keller argumenta que, se pretendemos investigar sua vida, a fim de esclarecermos se Jesus realmente viveu, morreu e ressuscitou, para saber se a história da Páscoa contém um "fundo de verdade" ou, quem sabe, contém a chave para a história, precisamos nos voltar para os Evangelhos, os documentos históricos que contam a história de Jesus.

Keller cita o fato de que há 200 anos alguns estudiosos começaram a dizer que os Evangelhos eram tradições orais que foram embelezadas com vários elementos lendários ao longo de gerações, mas contrapõe esse entendimento com um argumento levantado por Richard Bauckman: os Evangelhos são histórias orais que foram escritas a partir dos relatos das próprias testemunhas oculares, as quais ainda estavam vivas e atuantes na comunidade.

Dividida em duas partes ("o Rei" e "a cruz"), a obra de Keller conta, em 18 capítulos, os momentos essenciais da história narrada no Evangelho de Marcos, na esperança de que o leitor encontre (ou reencontre) Jesus por meio desses relatos.

voltar ao topo