Menu

Livro "Paternidade de A a Z: ser pai é bom, mas ser bom pai é melhor ainda", traz principais questões sobre a convivência paterna

Uma reflexão objetiva sobre o papel do pai na educação de seu filho, aonde a presença dele se faz cada vez mais presente depois da inserção das mulheres no mercado de trabalho.

Você pode deixar para os seus filhos uma vida estável e uma lembrança duradoura dos anos desfrutados juntos, ou pode dar a eles o conforto necessário e uma agenda vazia da presença do pai.
Não deixe que esta situação seja uma realidade no seu relacionamento com seus filhos.
Durante décadas o papel de educar e conduzir os filhos pela vida foi delegado às mulheres. Mas com a sua inserção no mercado de trabalho, cada vez mais a presença dos pais se faz necessária na educação dos filhos.
Em "Paternidade de A a Z, ser pai é bom, mas ser bom pai, é melhor ainda", o pai encontrará uma reflexão objetiva sobre o seu papel na educação de seu filho. Através das letras do alfabeto, as principais questões sobre a convivência entre pai e filho são apresentadas. O livro é ajuda importante na reflexão de temas sobre o relacionamento pai/filho. Após a apresentação do assunto, o pai encontrará questões a serem respondidas - o que ajudará na solução de possíveis conflitos.

Autor: Wellison M. Paula é formado em Comunicação, na área de jornalismo. Graduou-se em Liderança Avançada, pelo Haggai Institute, em Mauí, Havaí, EUA

Fonte: Grupo Editorial Danprewan

 

 

voltar ao topo